Destaques

Tags

A importância do técnico em segurança do trabalho na construção civil

Compartilhe:

Quem costuma avistar um prédio alto, construído com vários andares e sacadas acaba esquecendo que inúmeros profissionais são essenciais no processo. Desde aquele que manuseia os itens que serão aplicados até aquele que desenha cada aspectos da construção, todos fazem parte do mesmo processo, incluindo o técnico em segurança do trabalho.

Com uma responsabilidade enorme, de manter a segurança e comodidade, esses profissionais precisam analisar cada uma das tarefas realizadas pela equipe, sempre com o objetivo de que tudo saia como o planejado, sem danos.

Por isso, nesta data especial, destinada àqueles que cuidam da segurança dos demais, nada melhor do que conhecer mais detalhes da profissão e da atuação.

O que faz um técnico em segurança do trabalho?

Antes de avaliar a proximidade da profissão com as construções, o primeiro passo é entender o que esses especialistas fazem e um pouco mais das obrigações do dia a dia. Diferentemente do que muitos pensam, esse time precisa estar presente na maioria das organizações, garantindo a segurança de todos os trabalhadores.

Seja na área da construção, da saúde ou em qualquer outra, são eles que pensam no mecanismo correto de cada tarefa e como o trabalho pode ser executado sem causar danos e problemas físicos.

Técnico em segurança do trabalho e construção civil

Quando o foco é a construção civil, é importante ter em mente que diversos processos podem ser desafiadores, incluindo o carregamento de pesos e a forma como determinada equipe vai trabalhar nas alturas, por exemplo.

Por isso, esses especialistas precisam calcular os riscos, levando em consideração as alternativas que devem ser empregadas para que tudo aconteça com êxito, conforme manda as regras do trabalho.

Infelizmente, é na construção civil que acontecem os maiores acidentes, causando danos que podem ser irreversíveis, seja por conta do ambiente de trabalho ou das tarefas que devem ser executadas.

Problemas nas ferramentas, queda de materiais, falta de equipamentos de segurança e excesso de carga são algumas das causas mais conhecidas, capazes de prejudicar o trabalhador e a empresa, afinal, nos casos em que o acidente resulta em uma ida até o hospital, o afastamento acaba sendo inevitável.

Os casos envolvendo queda e altura, problemas com a fiação elétrica e a falta de sinalização, colocando em risco a vida dos colaboradores e a construção como um todo, fator que pode ocasionar problemas no futuro.

É possível evitar os acidentes?

Para que a realidade seja diferente, o primeiro passo é contar com um técnico em segurança do trabalho. Ele será responsável por avaliar aquilo que está sendo feito e quais são as tarefas que precisam ser modificadas, apresentando novas alternativas.

Ele será o responsável por pensar nos itens de segurança, na sinalização adequada, na forma como cada equipe deve trabalhar e naquilo que pode ocasionar acidentes e perdas recorrentes para o colaborador e para a empresa.

Por isso é tão importante contar com o suporte deste profissional no processo da construção, evitando que a obra fique parada por alguns dias e até meses, nos casos em que os problemas são graves. O técnico em segurança do trabalho merece todo o nosso respeito e admiração!

Quer continuar acompanhando todas as nossas dicas? Siga o Blog da Total!

Aproveite para acompanhar as nossas redes sociais e ficar por dentro das novidades do mercado imobiliário.

Artigos recentes

porteira

O que é porteira fechada?

No universo dos negócios imobiliários, diversos termos específicos são utilizados para descrever tipos de transações e acordos. Um desses termos é “porteira fechada”, uma expressão

Leia mais »
Composição

O que é composição de renda?

A composição de renda é um conceito fundamental no planejamento financeiro familiar, especialmente em tempos de incerteza econômica. Muitas vezes, não é suficiente depender de

Leia mais »