Destaques

Tags

Quem pode financiar um imóvel?

Compartilhe:

Por mais que o desejo de financiar um imóvel seja uma vontade persistente, que surge em diversos momentos da vida, é fato que nem todas as pessoas conseguem atingir o êxito. Isso porque o processo exige determinados requisitos que devem ser seguidos por todos aqueles que pensam em ter a própria moradia.

Desde a renda até a comprovação dos dados, a papelada é extensa e deve ser apresentada durante o processo da compra, que pode variar de acordo com cada instituição financeira, imobiliária ou construtora.

Ainda não sabe se pode ou não financiar o seu imóvel dos sonhos? Então aproveite para conferir o texto até o final e saiba se você preenche as obrigatoriedades.

O que é um financiamento de imóvel?

Por mais que o nome seja comum e que muitos brasileiros conheçam a alternativa, é importante verificar se a solução é a mais indicada no seu caso.

O primeiro quesito que deve ser avaliado é se existem condições financeiras para assumir as parcelas e se há a quantia desejada para dar a entrada na compra de um apartamento ou casa.

Isso porque o financiamento é caracterizado quando uma determinada instituição oferece o valor necessário para que uma pessoa possa conquistar um imóvel ou bem.

É como se essa empresa pagasse o valor restante, tendo como segurança o seu compromisso com as parcelas e com aquilo que foi acordado em contrato.

Entretanto, para que o valor seja liberado existem diversos requisitos que são levados em consideração, desde a situação profissional até o histórico de crédito no mercado.

Quem pode financiar um imóvel?

Por mais que a vontade de ter a casa própria possa ser um sonho para os mais novos, vale destacar que a idade pode ser um empecilho na conquista. Isso porque os menores de 18 anos não conseguem a aprovação no financiamento, afinal, é muito difícil comprovar a renda antes desta fase da vida.

Aqueles que estão desempregados ou que possuem dívidas no mercado também encontram dificuldades para liberação do valor. A justificativa é que as empresas costumam avaliar o histórico de crédito, compreendendo quem é ou não um bom pagador.

A partir de uma determinada idade, o financiamento também pode ficar mais difícil. O motivo é que a instituição acaba avaliando a expectativa de vida, fator que pode diminuir o número de parcelas, deixando o valor alto.

Lembrando que o cálculo correto para definir a parcela que será paga deve levar em consideração, no máximo, 30% da renda do indivíduo, valor que pode ser pago sem comprometer as demais despesas do mês.

A idade, a condição financeira, a vantagem de ser o primeiro imóvel e a composição de renda são fatores que contribuem e que podem facilitar o acesso ao aporte desejado.

Portanto, antes de entrar em uma dívida que pode ser duradoura, avalie se esse é o momento adequado para solicitar o seu financiamento e não deixe de conferir as taxas das instituições!

Quer alugar ou comprar?

O primeiro passo é procurar por empresas que estão preparadas para te ajudar.

Seja um apartamento à venda em Mauá ou apartamento para alugar em Santo André, o fato é que uma equipe de especialistas é o que você precisa para te ajudar! Entre em contato com os nossos profissionais e saiba mais!

Quer continuar acompanhando todas as nossas dicas? Siga o Blog da Total!

Aproveite para acompanhar as nossas redes sociais e ficar por dentro das novidades do mercado imobiliário.

Artigos recentes

porteira

O que é porteira fechada?

No universo dos negócios imobiliários, diversos termos específicos são utilizados para descrever tipos de transações e acordos. Um desses termos é “porteira fechada”, uma expressão

Leia mais »
Composição

O que é composição de renda?

A composição de renda é um conceito fundamental no planejamento financeiro familiar, especialmente em tempos de incerteza econômica. Muitas vezes, não é suficiente depender de

Leia mais »