Destaques

Tags

É possível financiar mais de um imóvel ao mesmo tempo?

Compartilhe:

Encontrar o crédito ideal, a taxa de juros adequada e a modalidade de financiamento correta pode ser um desafio. Com tantas alternativas no mercado, o passo mais prudente é verificar as opções e aquelas que mais combinam com o seu estilo de vida. Porém, será que é possível assumir mais de um financiamento ao mesmo tempo?

Para aqueles que sempre tiveram essa dívida, a resposta é sim! O mecanismo pode estar disponível para aqueles que conseguem comprovar renda e que escolhem determinados modelos de crédito, levando em consideração o ganho total e a parcela que será comprometida com cada compra.

Quer saber mais sobre o assunto? Então aproveite para conferir o texto até o final e veja se você preenche os requisitos para assumir mais de um financiamento.

O que é levado em consideração para liberar um financiamento?

Mais do que a avaliação dos dados cadastrais e das informações mais importantes, existe uma série de requisitos que devem ser preenchidos para que o crédito seja liberado.

Isso porque as instituições financeiras acompanham todo o processo de compra e de pagamento do indivíduo, fazendo a análise de antigos valores que já foram solicitados — quando há.

Sendo assim, cada detalhe pode fazer a diferença na linha de crédito que será disponibilizada, número de parcelas e até mesmo do juros que será cobrado. Enquanto alguns podem conseguir descontos mais acessíveis, outros acabam deixando de lado o financiamento por conta das taxas.

A idade, a forma como a renda é composta, o nome “limpo” e a quitação de dívidas anteriores são fatores que facilitam o processo e que devem ser levados em consideração quando o assunto é conquistar uma casa ou apartamento.

Posso assumir mais de um financiamento?

Agora vem aquela dúvida que não quer calar: será que consigo ter mais de um financiamento? É importante ter em mente que a resposta é relativa e pode variar de acordo com a situação.

Um dos quesitos mais importantes e que pode determinar o seu acesso ao valor desejado é o quanto você ganha. Isso porque as parcelas devem ser calculadas levando em consideração a sua renda e a melhor forma de garantir os pagamentos mensais.

Sendo assim, se você já tem uma parcela que compromete determinada quantia, a instituição será responsável por pensar em alternativas que podem ser aprovadas sem desfalcar o caixa no fim do mês.

O tipo de financiamento escolhido também pode determinar o acesso, aumentando as possibilidades. Vale destacar que as taxas, juros e condições podem mudar de acordo com a organização, portanto, a solução é pesquisar algumas opções até encontrar aquela que cabe no seu bolso.

Como é o processo para financiar um segundo imóvel?

O passo a passo segue as mesmas exigências da primeira experiência. É preciso entregar os documentos e aguardar a aprovação do valor desejado, apresentando todas as garantias. A opção de financiamento, neste caso, também é válida para as pessoas que já são proprietárias de imóveis quitados.

Lembrando que o valor da parcela ou parcelas não pode comprometer mais que 30% do ganho mensal — uma dica é utilizar a renda composta para aumentar as chances de aprovação.

Quer alugar ou comprar?

Seja um apartamento à venda em Mauá ou apartamento para alugar em Santo André, o fato é que uma equipe de especialistas é o que você precisa para te ajudar. Entre em contato com os nossos profissionais e saiba mais!

Quer continuar acompanhando todas as nossas dicas? Siga o Blog da Total!

Aproveite para acompanhar as nossas redes sociais e ficar por dentro das novidades do mercado imobiliário.

Artigos recentes

porteira

O que é porteira fechada?

No universo dos negócios imobiliários, diversos termos específicos são utilizados para descrever tipos de transações e acordos. Um desses termos é “porteira fechada”, uma expressão

Leia mais »
Composição

O que é composição de renda?

A composição de renda é um conceito fundamental no planejamento financeiro familiar, especialmente em tempos de incerteza econômica. Muitas vezes, não é suficiente depender de

Leia mais »