Taxas baixas e vendas em alta: entenda por que o mercado imobiliário segue movimentado na pandemia!

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Crise Financeira? Não para o Mercado Imobiliário!

A pandemia do novo coronavírus, vivida desde o ano de 2020, mudou muito a forma como enxergamos as coisas. O que nos trouxe um cenário de instabilidade acompanhado de crises em diversos setores da economia.

No entanto, o mercado imobiliário tem caminhado na contramão dessa realidade, acumulando um volume cada vez maior de vendas e investimentos no setor.

Um dos fatores para que isso acontecesse foi a necessidade de possuir uma residência própria, a qual foi acentuada pelo cenário pandêmico, que mostrou ainda mais a importância de ter um lugar que garanta a qualidade de vida ao lado da família.

Porém, o maior impacto no mercado se deu devido ao recorde histórico de baixa da Taxa Selic!

A Selic, também chamada de “juros básicos”, regula a variação de preços em praticamente todos os âmbitos do mercado, e com os investimentos imobiliários não seria diferente.

A baixa nos juros fez com que o valor dos financiamentos também se tornasse menor, o que levou a um número muito maior de pessoas com poder de compra para adquirir um imóvel, afinal, as parcelas passaram a caber no bolso.

Isso fez com que o mercado imobiliário se mantivesse aquecido, mesmo diante dos impasses trazidos pela Covid-19, pois cada vez mais pessoas têm buscado realizar o sonho da casa própria.

Mesmo com o atual aumento da Selic, o momento ainda é propício para quem deseja adquirir um imóvel. Por isso, é hora de correr atrás dos seus sonhos! O importante é se planejar, simular o financiamento e entender sobre sua saúde financeira, evitando tomar decisões precipitadas.

E é claro, sem esquecer de conferir os empreendimentos incríveis da Total!

Entre em contato conosco e com a ajuda de um de nossos corretores, encontre o melhor lugar para chamar de seu!

Deixe um comentário

Artigos recentes